CELEBRAÇÕES NATALINAS, HAJA CORAÇÃO!

As melhores recordações da minha infância, sem sombras de dúvidas foram as festas natalinas, que quase sempre eram rodeadas de tios e primos, que vinham de Londrina-PR e Campo Grande-MS para celebrarmos todos juntos na casa dos meus pais, lugar, aliás, que sempre foi o ponto de encontros de todos. Lembro que logo após o almoço na véspera do natal, a cozinha já era invadida pela mulherada, que picava inúmeros ingredientes e, assim, davam a largada para a elaboração dos pratos! Lá pelo final da tarde, o chester já era colocado no forno para ser assado lentamente, ou seja, o aroma da carne misturado com os temperos tomavam conta da casa! Já na hora da ceia, quando os convidados e familiares já estavam presentes, me recordo de alguns deles “com poderes misteriosos”, que com apenas um olhar ou um rápido depoimento da vítima, podiam analisar sua aura, para um lado negativo ou harmonioso e sem cerimônia, e logo de imediato, já faziam um trabalho para melhorar seus pontos negativos. Haja coração! Me recordo ainda de um certo alguém afirmar veemente ser vegetariano, mas, se jogássemos um olhar mais atendo no seu prato, era possível avistar um pedaço de carne camuflada entre o salpicão, farofa, arroz...(hahaha!). E haja coração! Para mim não existe natal sem salpicão, chester e farofa. A receita do salpicão já faz tempo que acompanha minha família e vem da cidade de São João da Boa Vista-SP, a qual foi passada pela mãe de uma super amiga da minha mãe, família Vaz de Lima. Já a receita da farofa é do livro da revista Cláudia, “O grande livro de receitas de Cláudia”. A coletânea de receitas é bárbara, vira e mexe sempre estou folheando! Já faz muitos anos que este salpicão é um prato tradicional na nossa ceia. Agradeço desde já a dona Theresa e suas filhas Izaura e Cecília por terem passado esta receita, pois, como vocês sabem, algumas pessoas são completamente ciumentas e escondem suas receitas a sete chaves! Tenho certeza que dona Theresa assim como sua filha Cecília estão rindo e olhando por todos num lugar melhor e sabem o segredo do lado de lá! Um brinde a família Vaz de Lima!

 

SALPICÃO

             

                   Preparo: 1 hora 30 minutos                            Serve: 13-15 pessoas

 

Ingredientes:

- 2 peitos de frango (600 gramas)

- 1 cebola

- 2 dentes de alho espremidos

- 1 colher de sopa de azeite

- 4 tomates sem sementes e sem pele picados

- 1 colher de sopa de extrato de tomate

- 1 colher de sobremesa rasa de sal

- 2 maçãs grandes cortadas em cubos pequenos

- 1 limão

- ½ xícara de chá de nozes trituradas (70 gramas)

- 1 xícara de chá de ameixa seca sem caroço picada (160 gramas)

- 1 xícara de chá de azeitona verde picada (140 gramas)

- 3 pimentões picados em cubos pequenos (1 pimentão vermelho, 1 pimentão verde e 1 pimentão amarelo)

- 7 a 8 colheres de sopa cheia de maionese light ou normal

 

 

Preparo:

1. Na panela de pressão, coloque o azeite, refogue alho e cebola. Em seguida acrescente o frango, tomates, extrato de tomate, sal e  refogue um pouco esta mistura. Logo em seguida, adicione água até cobrir o frango, tampe a panela de pressão e deixe cozinhar em fogo médio até o frango ficar bem cozido, ou seja, desmanchar. Por volta de 30 minutos na pressão. Assim que tirar a pressão da panela, desfie o frango quente e reserve-o. Só será utilizado o frango, o refogado que sobrou na panela pode ser utilizado para preparar uma sopa;

 

2. Enquanto o frango estiver na pressão, corte a maçã em cubos pequenos e deixe-a marinar no suco de limão. Pique os pimentões, as azeitonas, a ameixa e as nozes;

 

3. Em uma tigela grande coloque todos os ingredientes, frango desfiado, pimentões, azeitona, ameixa seca, nozes, as maçãs escorridas do suco de limão e maionese. Deixe esfriar na geladeira até a hora de servir, assim os temperos e sabores irão se aprofundar. Essa receita rende uma porção generosa, sendo assim, sempre no dia seguinte eu acordo e vou correndo comer de café da manhã (no natal vale tudo!).

 

 

FAROFA PICANTE COM LINGUIÇA CALABRESA

 

                   Preparo:  1 hora 10 minutos                              Serve: 13-15 pessoas

 

Ingredientes:

- 2 linguiças calabresas defumadas cortadas em cubos pequenos (475 gramas)

- 50 gramas de bacon cortados em cubos pequenos

- 1 cebola grande cortada em cubos pequenos

- 2 dentes de alho espremidos

- 1 lata de tomate pelado (400 gramas)

- 1 pimenta dedo de moça sem sementes e cortada em fatias finas

- 1 xícara de chá de água filtrada

- ½ xícara de chá de azeitonas pretas picadas (65 gramas)

- ½ xícara de salsinha picada

- 214 gramas de farinha de milho em flocos amarela

- 85 gramas de farinha de mandioca

- sal a gosto

 

 

Preparo:

1. Em uma panela grande, frite o bacon e reserve. Despreze o óleo do bacon e, na mesma panela, frite as linguiças e reserve. Tanto o bacon quanto as linguiças não necessitam de óleo para serem grelhados, pois elas fritam na sua própria gordura;

 

2. Assim que as linguiças estiverem fritas, despreze novamente o óleo que se formou na panela e refogue a cebola com o alho;

 

3. Depois, adicione tomate pelado, bacon, linguiça, pimenta, água filtrada, sal e deixe cozinhar por uns 3 minutos. Prove para verificar os temperos. Em seguida, coloque aos poucos as farinhas e mexa, continuamente, com uma colher resistente até formar uma farofa úmida;

 

4. Por fim, adicione as azeitonas e a salsinha picada. Pode ser servida quente ou em temperatura ambiente. 

 

 

CHESTER

 

                Preparo: 5 horas 15 minutos                           Serve: 10 pessoas

 

Ingredientes:

- 1 chester inteiro, descongelado (4 quilos)

- 1 copo de vinho branco seco

- 1 maço de salsinha

- 2 talos de alho poró

- 1 colher de chá rasa de sal

- 3 cebolas descascadas

- 2 maçãs inteiras

 

 

Preparo:

1. Bata no liquidificador o vinho branco, a salsinha, o alho poró, o sal e uma cebola até obter uma mistura homogênea;

 

2. Em seguida, em uma vasilha grande, coloque o chester e regue-o com a mistura do liquidificador tanto por fora quanto por dentro. Deixe-o marinando nesse tempero por pelo menos duas horas ou de um dia para o outro nesse tempero na geladeira;

 

3. Depois, recheie-o com as maçãs e as cebolas, preenchendo todo o seu interior. Na sequência, enrole as patas traseiras para que elas fiquem juntas e cubra os ossos das patas com papel alumínio, a fim de não queimarem quando forem assados;

 

4. Transfira o chester para uma assadeira e cubra com papel alumínio. Leve ao forno pré aquecido 150°C e asse em forno baixo por volta de duas horase meia. Constantemente, fique de olho no chester e, com a ajuda de um garfo, espete a carne para ver se está macia e cozida;

 

5. Por fim, retire o papel alumínio e aumente o forno para 180°C ou ligue o grill do forno para dourá-lo.

 

Dica: A combinação perfeita de ceia para mim fica por conta do chester servido com chutney, salpicão e farofa. Adoro a combinação de salgado com algo adocicado. Sendo assim, sempre preparo um chutney; meu preferido é o de manga. Inclusive já postei a receita no site, super fácil de ser preparado e garanto que fará maior sucesso na ceia.  

21/ 12/ 2015

MOMENTO AVENTAL

receitas * memórias * dicas * fotos * viagens

VERSÃO / VERSION