METENDO A COLHER!

Como disse, sou apaixonada por livros de culinária, adoro reproduzir receitas e sempre meto a colher nas preparações, ou seja, reinventando-as! Fiquei tão maravilhada com o livro “Quando Katie cozinha”, que comprei dois, um para mim e outro para minha irmã caçula...Sempre quando faço estas costelas, as pessoas adoram e falam que são melhores do que muitos restaurantes...Eu também concordo! Minha tia de Londrina passou uns dias na casa da minha mãe e eu fiz as benditas. Sucesso garantido, tanto que ela reproduziu em sua casa. Ousada ela, pois já está na casa dos 80 e poucos...super ativa veio sozinha para Campinas! No livro, esta receita leva frango, mas eu pensei “com certeza, com costela, ficará bárbaro”...e, realmente, eu estava com a razão...(Palavras da minha irmã, “Você se acha”) De acompanhamento fiz milho verde refogado, purê de batatas com queijo gruyère e crosta de pecãn e as famosas maças adocicadas, que ficam deliciosas para elaborar sobremesas (mas estas ficam para outro post) e de sobremesa tortinhas de maças e frambroesas. O ideal é preparar o molho no dia anterior e deixar as costelinhas marinando neste mar vermelho em sacos de assar na geladeira. Normalmente, compro-as já temperadas...Além dessa mudança, mudei o molho também, que, na minha opinião, ficou melhor ainda...(Me achando!) Acordo cedinho e já coloco para assar no forno bem baixo. Demora de 3 a 4 horas. Garanto a suculência! É até difícil tirar do saco de assar de tão macia que fica, a carne desmancha das costelas! Para vocês terem uma idéia, um saco de assar com 1kg é a porção individual do meu marido! A quantidade do molho barbecue dá para temperar duas costelas de mais ou menos 1kg; coloco duas conchas em cada uma delas. O ideal é preparar mais, pois, na hora de servir, eu rego as costelas com o molho, as cores ficam incríveis. Quanto maior for a costela, mais líquido soltará e, consequentemente, mais tempo precisará para ficar pronta. Aconselho ficar sempre de olho no saco, pois tem que permanecer um caldinho envolvendo a carne. Caso este molho seque, sua costela ficará seca e dura! Geralmente, faço vários sacos, e procuro comprar do mesmo tamanho e peso. Então, timer na mão e vamos à receita. 

     COSTELINHA BARBECUE

 

 

                      Preparo: 5 horas                                         Serve: 2 pessoas                      

 

 

Ingredientes:

- 1 costela de porco temperada (por volta de 1kg)

Molho:

- 2 colheres cheias de sopa de azeite

- 1 cebola grande cortada em cubinhos

- 3 dentes de alho espremidos

- 2 colheres de sopa de açúcar mascavo

- ½ xícara de chá de mel

- 1 xícara de chá de ketchup

- 1 colher de sopa de páprica defumada

- 1 colher de sopa de páprica picante

- 2 colheres de sopa de sementes de mostarda branca

- 3 colheres de sopa de molho inglês

- 3 colheres de sopa de vinagre balsâmico

  • Quem preferir um sabor mais picante, acrescentar pimenta dedo de moça picadinha ou molho de pimenta.

 

Preparo:

1. Refogue o alho e a cebola no azeite em fogo médio;

 

2. Abaixe o fogo e, em seguida, acrescente o restante dos ingredientes. Misture bem e deixe apurar o molho, mas, muito cuidado, pois ele espirra muito, coloque avental! Ficará um molho viscoso, encorpado e sedoso;

 

3. Coloque cada costela em um saco de assar e regue com o molho, feche muito bem o saco (Eu coloco dois sacos por costela, para não ter o perigo de rasgar);

 

4. Deixe na geladeira de um dia para outro;

 

5. No dia seguinte, coloque a carne no forno a 120°C, de 3 a 4 horas. O tempo vai depender do tamanho da costela e do tanto de líquido que ela soltará.

A páprica picante eu comprei na Bombay que vende ervas e especiarias, inclusive comprei até fumaça líquida, para dar aquele gosto especial de defumado, perco horas nesta ilha de temperos! Na hora de preparar o molho, você pode reservar um pouco e servir à mesa para os amantes de barbecue.​​​​​​​​​​

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

24 / 07 / 2015

MOMENTO AVENTAL

receitas * memórias * dicas * fotos * viagens

VERSÃO / VERSION