PÃO DO STUART - MEU TIO INGLÊS

Pães! Quem consegue resistir a eles? Ainda mais se acabaram de saírem do forno, com geléia ou manteiga é irresistível! Já faz muitos anos que eu não resisto a uma receita deliciosa que foi passada pela família do meu tio inglês, John Stuart. Quando minha tia Maria Helena foi morar na Inglaterra, ela a aprendeu com sua sogra. Mas, a primeira vez que comemos foi quando meu tio, pessoalmente, fez na casa da minha mãe! O perfume deste pão é característico na minha casa. Ele é muito macio, e, de sobra, bem nutritivo! A receita é inglesa, mas, para mudar um pouco, faço algumas variações, acrescento algumas sementes ou castanhas, fica parecido com os pães alemãs, cheios de sementes. Sou vidrada e antenada nestes intercâmbios culturais, ainda mais se levado para o lado gastronômico...Sempre que viajo e faço amizade peço receitas de comidas típicas dos países e acabo nos mercados atrás dos ingredientes para reproduzir no Brasil! Na minha opinião, não tem presente melhor para trazer para familiares ou amigos do que os sabores do país. Uma passagem engraçada deste meu tio inglês no Brasil foi da minha avó proibir veemente seus filhos a não comerem bolo quente, e isso era significado de terra arrasada para ele, pois era a coisa que ele mais gostava e estava acostumado em seu país...vai entender o ponto de vista dos antigos! Bem, desta fornada, houve a multiplicação dos pães, mas não foi à toa! Minhas tias de Campo Grande–MS estavam em Campinas, sendo assim, muita falação, muitas mãos e, finalmente, o melhor, compartilhamos receitas, que, para mim, nada é mais enriquecedor na vida! Geralmente, quando estamos rodeados de pessoas, ganhamos força e foi assim que encaramos o forno de pizza, para assar pães. Mas, podem ficar tranquilos que os pães ficam deliciosos se forem assados em forno convencional, comi assim a minha vida inteira! Gosto de pães simples. No dia anterior à fornada, comentei com meu marido de que iríamos assar pães e a resposta do lumbriguento foi, “vão fazer recheados? Nossa ficaria uma delícia se fizessem recheados de calabresa”. Resposta da esposa amada, “claro que não, não somos filiais do Braz”. Brincadeira à parte, comentei com a minha mãe e acreditem, a sogrona reproduziu o pão do Braz para meu marido!

PÃO CASEIRO CHEIO DE SEMENTES

 

                    

                     Preparo: 3 - 31/2   horas                                  Serve: 4 pães   

 

 

 

Ingredientes:

Esponja:

- ½ xícara de chá de água morna

- 2 cubos de fermento fresco (30 gramas)

- 2 colheres de sopa de açúcar

- ½ xícara de chá de farinha de trigo peneirada

Massa:

- 1 ½ xícaras de chá de trigo para quibe (255 gramas)

- 3 xícaras de chá de água

- 1 xícara de chá de leite semi desnatado

- 3 colheres de sopa de óleo

- 2 colheres de sopa de mel ou karo

- 1 colher de sopa de açúcar

- 1 colher de sopa de sal

- 1 ovo

- 50 gramas de manteiga sem sal

- ½ xícara de chá de semente de girassol, opcional (65 gramas)

- ½ xícara de chá de semente de abóbora, opcional (70 gramas)

- 1 Kg e 150 gramas de farinha de trigo peneirada

Mistura para pincelar em cima dos pães:

- ½ xícara de chá de café

- 1 colher de sobremesa de azeite

 

 

Preparo:

1. Preparo da esponja: em uma vasilha, amasse o fermento com um garfo até dissolvê-lo. Em seguida, adicione 2 colheres de sopa de açúcar, 1/2 xícara de chá de água morna e 1/2 xícara de chá de farinha. Misture bem e deixe descansar de 20 a 30 minutos até virar uma esponja, ou seja, a mistura aumentará de tamanho e fomará furinhos;

 

2. Em seguida, coloque o trigo para quibe em uma panela e acrescente 3 xícaras de chá de água e leve para ferver até a água secar. Assim que o trigo estiver morno, coloque manteiga, óleo, ovo, leite, açúcar, sal e mel. Misture bem, deixe esfriar a mistura e reserve-a;

 

3. Na vasilha da esponja, coloque todos os ingredientes que foram misturados com o trigo cozido e, aos poucos, adicione a farinha de trigo e misture até toda a farinha ser incorporada;

 

4. Transfira a massa para uma superfície enfarinhada e sove-a bem;

 

5. Faça uma bolinha bem pequena com um pedaço da massa e coloque em um copo com água. Assim que a bolinha subir, a massa estará pronta para ser trabalhada (40 minutos);

 

6.Em seguida, sove novamente a massa. Divida-a em quatro partes iguais e modele-as em formato redondo. Coloque os pães em cima da forma que irá para o forno para que, novamente, ele aumente de tamanho (40 – 50 minutos). Com uma faca afiada, faça cortes em cima da massa do pão. Como parâmetro para o crescimento da massa, faça novamente uma bolinha bem pequena com um pedaço da massa e coloque em um copo com água. Assim que a bolinha subir a massa estará pronta para ser assada;

 

7. Leve para assar em forno pré-aquecido a 180°C por volta de 35 a 40 minutos;

 

8. Prepare um pouco de café (1/2 xícara de chá) e misture com 1 colher de sobremesa de azeite. Quando faltar uns 5 minutos finais para os pães ficarem assados, retire-os do forno e pincele esta mistura de café com azeite por cima deles. Tal procedimento fará com que os pães não fiquem cascudos;

 

9. Na hora de guardar os pães, coloque-os em recipientes bem vedados para que não fiquem secos e duros. Para comê-los nos dias seguintes, eu gosto de cortar fatias e aquecê-las no microondas por 30 segundos, dá a sensação de que acabaram de sair do forno!

14 / 08 / 2015

MOMENTO AVENTAL

receitas * memórias * dicas * fotos * viagens

VERSÃO / VERSION