Jabuticabeira e um trio de super heroínas

Num domingo à noite, tive a brilhante ideia de comprar umas plantas para dar mais vida à nova casa da Jumana, uma gatinha preciosa! Já faz alguns meses que esta história se passou, pois a gatinha mora comigo agora! Sendo assim, em uma segunda-feira, pela manhã, fui ao Ceasa com minha cúmplice – a minha mãe -. Saímos com uma jabuticabeira, um vaso enorme, jardineiras, sacos de terra e de argila expandida e outras plantas. Detalhe, tive que fazer duas viagens, pois compramos mais do que cabia nele, ou seja, voltei sozinha depois para pegar a jabuticabeira! A dupla de super-heroínas, mãe e filha, com a ajuda da irmã mais velha, peso pena, não foram páreas sequer para mover um milímetro a jabuticabeira do porta-malas, a única coisa que conseguimos foi nos energizar, grudadas no tronco e no torrão da jabuticabeira! Para vocês terem uma idéia, dois homens fortes foram precisos para colocá-la no meu carro, e um dos rapazes disse: “Tem gente para te ajudar?”, a resposta: “claro!”, pensei: “duas guerreiras em casa me esperam!” Mas, não demos por vencidas, minha mãe saiu na rua e voltou com dois caras, que estavam trabalhando numa construção. De quebra fechei meu dedo no portão de ferro e, quase perdi um par de brincos de brilhantes, mas graças que o achamos dentro de uma caixa de papelão, pronta para ir pro lixo! Detalhe: meu carro ficou super sujo, cheio de lama, por conta do torrão da jabuticabeira! Bem, no final, valeu a pena, pois ela ficou linda e tomara que, no final do ano, sejamos agraciadas com jabuticabas! Já, no final da tarde, sem forças, com as unhas todas sujas e com terra até o pescoço, fizemos uma coisa simples, sopa! Receita super prática, do Jamie Oliver, que fica deliciosa por conta dos sabores da batata doce com curry e linguiça defumada. Surpreendentemente, estes contrastes combinam muito bem, resultando em uma mistura encorpada, cujo perfume invade o ambiente na hora do preparo, por conta do curry. Quanto a batata doce, dispensamos comentários, é ela que garante lá no fundinho um sabor um pouco adocicado! Bem, na receita original, em vez de alho poró, utiliza salsão, como não sou fã, fiz esta troca, que, na minha opinião, ficou perfeita (me achando!).

 

30 / 03/ 2017

SOPA DE BATATA DOCE E CALABRESA

               Preparo:     50 minutos                                           Rende: 5 a 6 porções

 

Ingredientes:

- 2 cenouras grandes

- 2 cebolas médias em cubos

- 1 talo de alho poró

- 2 dentes de alho espremidos

- 800 gramas de batata doce

- 1 linguiça calabresa defumada

- 1 maço de salsinha

- 2 colheres de sopa de azeite

- 1 colher de sopa de curry em pó

- 1 litro de caldo de galinha

- pitada de pimenta do reino

- sal a gosto

 

 

Preparo:

1. Descasque as cenouras e corte-as em pedaços.  Pique as cebolas em cubos, fatie o alho poró, esprema o alho. Em seguida, descasque, pique as batatas doce e fatie a linguiça;

 

2. Em uma panela de pressão, adicione o azeite e refogue a cebola com o alho;

 

3. Depois, junte os demais ingredientes e deixe refogar mais alguns minutos. Logo, cubra com o caldo de galinha e tampe a panela para pegar pressão;

 

4. Cozinhe até todos os ingredientes ficarem bem macios, por volta de 30 minutos. No final, bata esta mistura no liquidificar, caso ache que esteja um pouco grossa, acrescente mais água. 

Na Inglaterra, eles têm o hábito de servir sopas com pacotinhos individuais de bolacha água e sal. Fica a dica!

MOMENTO AVENTAL

receitas * memórias * dicas * fotos * viagens

VERSÃO / VERSION